Projeto que ajuda pessoas com diabetes vence Imagine Cup, competição de tecnologia da Microsoft
28/07/2017 - 1h10 em Tecnologia

Solução de estudantes de mestrado da República Tcheca une equipamento e software na nuvem para fazer exames de sangue e armazenar informações na internet.

 

Um projeto da República Tcheca que ajuda pessoas com diabetes a lidar melhor com os sintomas da doença foi o grande vencedor da Imagine Cup, competição de tecnologia promovida pela Microsoft. A final aconteceu em Seattle (EUA) nesta quinta-feira (27). Assista uma demonstração aqui.

A equipe tcheca X.GLU ganhou US$ 100 mil dólares em dinheiro e uma sessão de mentoria com Satya Nadella, CEO da Microsoft, além de um prêmio em serviços na nuvem e uma viagem à conferência de desenvolvedores da empresa em 2018, a Build.

 

Duas equipes brasileiras representaram o país na Imagine Cup. O projeto "Bubu Digital", do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), é uma chupeta eletrônica que monitora a saúde das crianças e visa reduzir a mortalidade infantil. Já o "UpFish", da Unicamp, promete otimizar a produção de peixes e camarões. Ambos continuarão a contar com a consultoria da Microsoft para serem lançados no mercado.

 
Protótipos do 'Bubu Digital', que representou o Brasil na Imagine Cup 2017 (Foto: Divulgação)Protótipos do 'Bubu Digital', que representou o Brasil na Imagine Cup 2017 (Foto: Divulgação)

Protótipos do 'Bubu Digital', que representou o Brasil na Imagine Cup 2017 (Foto: Divulgação)

 

Tecnologia pró-saúde

 

A solução de três estudantes de mestrado da Universidade Técnica Tcheca, em Praga, une um equipamento, que faz testes sanguíneos, e um serviço na nuvem, que armazena todas as informações para consulta.Projetos dos Estados Unidos, Argentina e Canadá foram os outros mais bem colocados na Imagine Cup. Veja detalhes de cada um deles:

 

 

 

  • Oculogx (EUA): um app de realidade mista que usa o dispositivo HoloLens, da Microsoft, para melhorar a localização de itens em grandes armazéns
  • Nash (Argentina): nossos hermanos desenvolveram uma plataforma que usa drones para reduzir o tempo de resposta durante desastres naturais
  • NeuroGate (Canadá): a solução dos canadenses usa dados de movimento do Kinect e de machine learning para analisar padrões de caminhada e diagnosticar potenciais doenças neurodegenerativas

Fonte: G1

COMENTÁRIOS